1804

Conheça o que é o alterismo e descubra uma nova maneira de se conectar com as pessoas

O ambiente corporativo é o lugar mais propício para compreender como funciona o alterismo e porque o sucesso não depende somente do talento, da oportunidade ou do trabalho duro, mas principalmente de como interagimos com as pessoas e de que maneira aproveitamos estas conexões.

Desde 2018 eu estudo o alterismo, termo que li pela primeira vez no livro chamado “Dar e Receber”, de Adam Grant, professor da Escola de Negócios da Universidade de Wharton. Neste artigo eu irei explicar sobre: (i) o que é o alterismo, (ii) perfil de pessoas alteristas, (iii) hábitos de pessoas alteristas, e (iv) mundo digital e alterismo: como ser generoso sem prejudicar a você mesmo.

O que é o alterismo?

O alterismo é uma prática de doação consciente, isto quer dizer, é você ajudar outras pessoas sem prejudicar suas decisões e seus próprios interesses.

Ser uma pessoa alterista não significa você se dedicar 100% do tempo a outras pessoas ou fazer tudo pelos demais. Ser alterista é ter a certeza de que os benefícios da doação irão superar os custos de seus esforços, ou seja, a sua ajuda irá valer a pena não somente para o outro, mas também para você. 

É uma equação muito simples de se resolver:

Tempo + energia + ajuda = recompensa mútua

Reconhecer que o seu tempo tem muito valor e que é impossível dizer “SIM” para todos e para tudo é um primeiro passo para compreender que ser generoso não se resume em atender a todos os pedidos o tempo todo. 

Você só pode ser generoso com os outros quando aprender a ser generoso em primeiro lugar com você mesmo.

De acordo com pesquisas realizadas pela Universidade de Harvard, doadores alteristas produtivos apresentam três grandes características fundamentais: sabem como ajudar, quando ajudar e a quem ajudar.

Para compreender melhor o alterismo é importante conhecer as características das pessoas, levando em conta o aspecto da generosidade. Elas podem ser: tomadoras, compensadoras, doadoras altruístas e doadoras alteristas.

Captura de pantalla de un celular

Descripción generada automáticamente

No vídeo abaixo sobre alterismo, explico estas diferenças.

Perfil de pessoas alteristas 

Após estudos e pesquisas sobre as relações das pessoas em ambientes corporativos, foram encontrados 6 perfis distintos de doadores alteristas:

Captura de pantalla de un celular con letras

Descripción generada automáticamente

Faça um exercício agora e identifique dois ou três perfis acima que representam você, coisas que você faz muito bem e que você se sinta bem realizando.

Quando o seu perfil está conectado com os seus interesses e suas habilidades é muito mais simples e prazerosa a ajuda aos demais, pois assim você não se sentirá pressionado a ajudar. O simples ato de fazer alguma coisa para alguém será uma escolha sua, e cada escolha aumentará a sua motivação, criatividade e sua qualidade de vida fazendo o que você ama e podendo ajudar outras pessoas.

Essa ação te traz liberdade para você focar a sua ajuda onde haverá menor impacto de energia em sua vida e cada escolha irá reabastecer seu tanque de combustível, lembrando-lhe o quanto as suas contribuições são importantes para você mesmo e para os demais.

Principais hábitos de pessoas alteristas altamente produtivas

Estudos realizados pelo professor Adam Grant e pelo diretor de pesquisas da Universidade de Wharton, Reb Rebele, os doadores alteristas altamente produtivos possuem 7 hábitos.

  1. Priorizam os pedidos de ajuda que surgem em seu caminho, dizendo sim quando for realmente importante e não quando for necessário;
  2. Levam em consideração seus interesses e pontos fortes para preservar sua energia e agregar mais valor à ajuda;
  3. Distribuem a carga de trabalho de maneira uniforme, encaminhando tarefas à equipe quando não têm tempo ou não possuem habilidade para tal tarefa e tomam muito cuidado com o preconceito relacionado a quem ajuda e como;
  4. Colocam suas máscaras de oxigênio primeiro, pois assim ajudam os outros de forma eficaz sem negligenciar suas próprias necessidades;
  5. Amplificam qualquer impacto da doação buscando maneiras de ajudar várias pessoas com um simples ato de generosidade;
  6. Dividem suas doações em dias ou blocos de tempo dedicados, em vez de distribuí-las durante a semana. Assim haverá mais foco e eficácia;
  7. Aprendem a identificar os tomadores e a evitá-los também, pois eles drenam qualquer energia.

https://linktree.com.br/new/https_movimentoemv.com.br

Mundo digital e alterismo: como ser um líder generoso sem prejudicar a você mesmo?

Sabemos que os negócios digitais aumentaram significativamente nos últimos anos e principalmente após a pandemia. Empresas que não estavam inseridas no mercado digital tiveram que se adaptar à nova mudança e começar a investir neste mercado que é repleto de desafios, inovação e exigências.

Mesmo com tanta tecnologia, o que o cliente mais deseja é um atendimento humano e empático. Os grandes desafios que enfrentamos em nosso segmento, que está voltado à venda de cursos e treinamentos online, é que nossa mensagem chegue ao potencial aluno de forma transparente e genuína, antes mesmo que ele decida efetuar a compra.

Após a venda, queremos dar o suporte que o aluno merece, atendendo suas necessidades relacionadas à tecnologia e certamente aos conteúdos oferecidos nos cursos. 

Não se trata de somente vender e esquecer. O mais importante para nós é sentir que o aluno pode contar com a gente para realizar o seu grande sonho. 

Mas como ser um líder generoso e ajudar sem prejudicar a você mesmo ou a sua equipe, quando se trata de mercado online?

As dicas a seguir não se distinguem para o mercado físico. No entanto, a única diferença que existe entre o mercado físico e online é o volume de informação simultânea que recebemos e a exigência de agilidade nas respostas e/ou soluções.

Para prevenir o stress e a exaustão, você deve seguir estas dicas extremamente importantes de pessoas alteristas de sucesso:

  • Organizar tarefas entre você e sua equipe;
  • Desenhar os processos e as responsabilidades de cada um, pois assim ficará muito mais fácil a gestão de tempo;
  • Separar uma parte do seu dia para conversar com outras pessoas, entender o que elas necessitam e como você pode ajudar. Você não pode estar disponível 100% do tempo, pois isso não é produtivo para você e tampouco para outras pessoas, pois você não estará focada na totalidade para ouvir, já que estará pensando em outras coisas;
  •  Agir como enfermeiros, ou seja, ouvir a outra pessoa e não tentar resolver todos os problemas dos demais, mas buscar especialistas que podem servir de extrema ajuda para a situação específica do outro;
  • Lembrar que você tem um cronograma de trabalho e não está disponível todo o tempo. Por isso, você pode sim ser generoso, mas dentro do seu tempo, marcando horários e prazo para finalizar a conversa;
  • Reconhecer um tomador e não deixar que ele invada a sua vida e suguem toda a sua energia.

Portanto, com a facilidade da conexão por meio da internet e mídias sociais, é importante seguir as dicas acima para não se prejudicar e querer ajudar a todos sem olhar antes para você. 

Existem limites de generosidade e você pode ajudar, mas para isso, precisa primeiro ser generoso com você mesmo e depois com os demais.

Por Cris Zanata

Sou Cris Zanata, Fundadora da empresa CZC Treinamentos e idealizador do Projeto Movimento em V. Durante muitos anos trabalhei em cargos de liderança em empresas do setor privado na área de impostos aduaneiros e logística. Em 2018 iniciei um projeto pessoal para compartilhar as minhas experiências e inspirar mulheres a transformarem suas ideias em ações originais e alteristas, conectando suas habilidades àquilo que as fazem bem, com aquilo que faz bem aos outros, mas que não prejudica seus próprios interesses pessoais.

WhatsApp: +55 71 8606-7471

LinkedIn: www.linkedin.com/in/cristiane-zanata-3073649

Tags: No tags
6

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *