Aqui temos um gráfico em crescimento, as colunas são flechas apontadas para cima com preenchimento rabiscado em preto. O fundo é liso e branco. No último e maior resultado, temos um troféu douradado, significando o crescimento de vendas e sucesso.

Como Criar uma Máquina de Vendas Online!

Quando nos referimos às vendas através da internet estamos falando de um processo de aquisição de clientes que deve ser previsível, escalável e lucrativo. 

Hoje o cliente é omnichannel, ou seja, está tanto no ambiente online, quanto no offline. 

De forma prática, podemos trazer o nosso comportamento como consumidoras. 

Pense em você como consumidora: você pesquisa no google, um sapato, por exemplo, vai até a loja física, experimenta para ver o tamanho certinho e modelo, pergunta para amigos, familiares, grupos nas redes sociais, a opinião sobre aquele produto, aquela marca, aí efetua a compra online. 

Isto é ser omnichannel, se como consumidora você age assim, seu cliente também realiza o mesmo processo. Pense bem, se pesquisarem o seu nome no google e não encontrarem, você “não existe”, imagine a sua empresa, se ela não tem uma presença digital, ela não existe para o seu público alvo.

O mercado de e-commerce é muito promissor e cresce a cada ano. Há mais de 900 mil sites de e-commerce no país! De acordo com estudo recém publicado, foi registrado o aumento de 37,59% no número de lojas online. (Pesquisa realizada por PayPal e BigData Corp). O volume de vendas do comércio eletrônico, segundo estimativa da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, a ABComm, foi de R$ 79,9 bilhões em 2019.

Mas “com todo este estímulo do mercado”, por que algumas lojas virtuais quebram? 

  • Falta de planejamento: naturalmente, nós brasileiros, temos uma cultura empreendedora. Mas os altos números e estatísticas de empresas que não chegam aos 2 anos de vida, ultrapassam 70%,  e denunciam claramente a falta de um planejamento sério. A loja online é um negócio, e não terá bons resultados sem planejamento. Precisamos olhar o e-commerce como uma empresa, cujo fim é resolver um problema de um cliente, como é para uma empresa física tradicional.
  • Poucos acessos na loja: a taxa de conversão média do e-commerce no Brasil é de 1,33%. O que é a taxa de conversão? Número de vendas ÷ pelo total de visitas na sua loja virtual. O que significa  que quanto mais acessos, maior o número de vendas.
  • Problemas técnicos: se a sua loja virtual não tiver um bom funcionamento o cliente não irá comprar de você.

Montamos um pequeno checklist de quatro passos de como o seu e-commerce decolar: 

Passo 1: Base do Negócio

Para vender online é importante que sua empresa esteja constituída legalmente, tenha um CNPJ.

A logo é essencial também, e deve representar a identidade do seu produto. Além disso, você precisa ter um domínio, seu endereço na web. O domínio pode ser registrado no RegistroBr. Aconselho ter o registro .com.br e o registro .com. 

É muito importante a integração com um ERP (sistema de gestão) para a emissão da nota fiscal, e auxílio no controle financeiro, controle de estoque e controle de vendas. Outro aspecto é a definição dos meios de envio que, inicialmente, pode ser realizado pelos correios, é importante que a plataforma faça o cálculo automático do frete. 

Nesta etapa também devem ser definidos os meios de pagamento. O ideal é ter um gateway de pagamento, como a wirecard, por exemplo. O que contribui com a segurança e melhor experiência de compra para o seu cliente, que pode optar pelo pagamento via boleto ou cartão de todas as bandeiras. Também é importante vincular as redes sociais com a sua página: instagram, facebook, whatsapp. Ter um chat disponível é outro diferencial.

Assim, você deve escolher uma plataforma que atenda os aspectos citados acima para a melhor experiência do seu cliente, o que levará o cliente a comprar de você, e também, fidelizar o mesmo.

Passo 2: A Oferta

Aqui vem a pergunta: o que você vai vender? Mesmo que você venda mais de um produto, é importante ter definido aquele que é o produto principal, que soluciona a dor do seu cliente, o produto estrela.

Tenha bem claro se o seu produto é adquirido por impulso ou por necessidade, pois esta definição irá impactar diretamente a sua comunicação com o público alvo.

O modo como o produto é cadastrado fará toda a diferença, e, neste caso o SEO é rei! O que é SEO? SEO significa Search Engine Optimization (otimização para mecanismos de busca). É um conjunto de técnicas de otimização para sites, blogs e páginas na web. Essas otimizações visam alcançar bons rankings orgânicos gerando tráfego e autoridade para um site ou blog.

Passo 3: Público

Para quem você irá vender? Quem são suas personas? Público-Alvo e persona não tem o mesmo significado. A principal diferença entre os dois é que o públicoalvo apresenta informações de forma bem mais ampla e geral, enquanto a persona consiste em detalhes mais específicos, formando assim, seu cliente ideal. 

Para excelentes resultados no passo seguinte, que é a impulsão, você precisa conhecer muito bem o seu público: o que ele pensa, sente, ouve, vê, fala e faz, dores e ganhos. (Mapa da Empatia)

Este conhecimento é bem importante para realizar as campanhas de marketing e segmentar o público na impulsão, campanhas pagas.

Passo 4: Impulsão

Neste passo estão: facebookAds, google, instagram, e-mail marketing, recuperação de carrinho abandonado, venda em marketplaces, entre outros.

Estes são os passos fundamentais para um e-commerce de sucesso. Lembrando que os mesmos devem ser avaliados e aprimorados constantemente. Afinal, a única certeza no ambiente de negócios atual é a mudança, e ela ocorre cada vez mais rápido.

Por Josele Delazeri

Head de Canais e Parceiros da Get Commerce. Coordenadora do projeto de Empoderamento feminino da Get Commerce. Colunista E-commerce Brasil. Mais de dez anos de experiência na área de empreendedorismo digital. Líder da Embaixada Geração de Valor Seja Protagonista. Líder do Grupo Mulheres do Brasil, Núcleo Santa Maria. Mestre em Engenharia de Produção, Universidade Federal de Santa Maria. Graduada em Administração (2003) e em Sistemas de Informação(1999). Pós-graduada em Psicopedagogia, Gestão Empreendedora de Negócios e Gestão de Negócios e Intuição
(com módulo realizado na Itália). Pós graduanda em Psicologia Positiva pela PUC RS. Atuou por mais de 15 anos como docente no ensino superior, com ênfase na área de Empreendedorismo Digital. Docente de Pós graduação na área de empreendedorismo.

+55 (92) 98105-6219
Linkedin: https://www.linkedin.com/in/josele-delazeri-getcommerce/

Tags: No tags
1

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *