1876

Achado no Mundo Digital

A estilista aqui Cami Machado sempre teve um sonho de revolucionar o mercado de moda na maior cidade do país. Em 2014, instalada sobre rodas, em um trailer vintage original de 1982, com a sua marca Achado Trailer o sonho começou a se tornar realidade: ser moda para todos, em qualquer lugar. Após 6 anos, a marca já passou por diversas fases e, hoje, a tecnologia virou suas rodas, e se destaca pelo atendimento exclusivo da própria estilista aqui, assim como as grandes maisons de antigamente. 

O trailer do achado.

O movimento para o digital iniciou de fato em Agosto de 2019, até então a marca não havia sido direcionada para vendas on-line de uma maneira estratégica e organizada, justamente pela minha falta de conhecimento no universo. Busquei amigos que tivessem conhecimento na área a Fernanda Weber me ensinou o beabá, me ajudou a estruturar o site, abrir um gerenciador de negócios pelo facebook, fazer link dos produtos do site com as redes sociais, e por aí vai. No começo, eu vendia muito pelo Instagram para amigos mais chegados, com o tempo, melhoramos o conteúdo e notei que começamos a atrair um público que ainda não conhecia a marca.

Dividi o trabalho em duas etapas:

  1. Melhorar a imagem da marca para ela ser desejada no instagram;
  2. Otimizar site, colocar mais infos dos produtos e fotos para o cliente entender caimento.

O processo de transição é lento e exige muito trabalho e paciência. A Fernanda foi acompanhando meus passos e sempre me dando vários toques.

Como notei que produção de conteúdo iria ajudar a alavancar o negócio, selei uma parceria com a fotógrafa  Larissa Deruzzi. A Lari consegue entender exatamente a imagem que eu quero passar com o Achado e isso nos ajudou a iniciar a construção de posicionamento de marca e gerar desejo. Afinal de contas estamos na era do “instagramável”, não é?

Nosso bum de vendas pela internet foi no Carnaval 2020, fizemos uma coleção que chamou muito a atenção no Instagram e dessa coleção começamos a entender qual seria nossa linguagem. Foi a primeira coleção pensada e estruturada para venda on-line, abrimos um showroom em Pinheiros para que os clientes pudessem ver as peças pessoalmente e provar. O showroom era em uma sobreloja, logo nossos clientes chegavam até nós via Instagram. Nosso faturamento aumentou 10X, foi insano, mas muito feliz.

Outra foto do trailer em outro canto da cidade

Estruturada essa parte, precisava começar a pensar em negócio, me inscrevi em um programa do Sebrae chamado ALI (Agente Local de Inovação), infelizmente o programa foi extinto com o surgimento do Covid-19 por falta verba, mas eu consegui terminar no meio dessa loucura que estamos vivendo, com muito apoio do Leo Paranaguá que foi o agente encarregado do Achado. O programa me ajudou a entender que a minha cliente é “instagramer”, construir estratégias para conquistá-la e a criar outras estratégias para chegar até ela. Fizemos muitas pesquisas com as consumidoras do Achado, estudos de como é o processo de compra pela internet, o que incomoda as pessoas e até entender o que a gente fazia que o nosso cliente não curtia e claro o que eles gostavam no Achado. 

Com este programa entendemos que o projeto é 100% digital, que o nosso cliente quer sim ver as nossas peças, mas quer que a gente vá até ele, assim como o trailer estava em vários lugares, o que foi bacana constatarmos, porque manteríamos o conceito de itinerante. Em meio a pandemia entendemos que realmente seria o melhor caminho e felizmente, conseguimos se manter firme e forte, mantivemos nossas vendas, por sorte, estávamos finalizando a estruturação do nosso mundo digital. 

Entender como funcionava um business de moda com venda pela internet é uma loucura, são tantos detalhes e todos são muito peculiares para cada marca.  Quanto mais eu vou aprendendo, mais sei que nada sei. A pura verdade, é que tem que ser muito paciente e entender que quanto mais você vai avançando, mais portas se abrem e novas necessidades aparecem no digital, cada dia aprendo uma ferramenta nova. Acho ele muito parecido com Moda, se conecta e interpreta a nossa sociedade. E estou começando a me apaixonar por ele.

Nesse último mês nossa equipe cresceu, agora somos um Petit Team, além de mim, Cami fazendo a direção da empresa e a Lari na fotografia, temos a Fabiana Lentini em comunicação e vendas e Heloisa Machado responsável pelo site e gerenciamento estratégico de vendas. Teremos muitas novidades nesses próximos meses.

Ficou curioso para ver a coleção completa acesse: @achado.trailer 

Site : www.achadotrailer.com.br

Por Cami Machado

Nascida em SP, a terra onde tudo acontece no dia 08/03/1983. (dia internacional da Mulher).
Esse ano completo 19 anos de carreira, na área da moda.
Trabalhei em grandes corporações como adidas, New Balance e Alpargatas na área de Marketing de produtos, mas sempre fiz trabalhos como freelancer na área do estilo, desde a época da faculdade. Me formei em 2006 em Negócios da Moda na Universidade Anhembi Morumbi e em 2008, Pós graduação em Direção de criação em Moda na FAAP. Minha carreira sempre transitou entre três mundos o corporativo, o empreendedorismo e professora.
Deixei totalmente o mundo corporativo e o ensino o ano passado, eu estava lecionando aulas de moda no Senac e na Anhaguera, resolvi me dedicar 100% ao Achado desde o ano passado.

redes sociais cami:
Linkedin: https://www.linkedin.com/in/camila-machado-95662625/
instagram: https://www.instagram.com/cami_machado/
facebook:https://www.facebook.com/camila.machado.5059

https://photos.app.goo.gl/66YgcGgLgGrjpHA69

Tags: No tags
4

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *